terça-feira, 17 de julho de 2012

Optimus Alive 2012

Depois de dois anos a marcar presença apenas no dia mais forte e esgotado, decidi experimentar os 3 dias no Passeio Marítimo de Algés. Um festival com um espírito diferente, muitos alegam e com alguma razão, mas que prima pela qualidade do cartaz. Já tinha dele a recordação do memorável dia de Pearl Jam e Gogol Bordello há dois anos, e de um dia menos forte de Coldplay no ano passado. Este ano foram 3 dias que ficaram mais fracos como um todo com a ausência de Florence + The Machine, mas sem dúvida que Radiohead marcou todo o festival. Vou então deixar aqui as impressões do que conheci, do que revi, do que ouvi pela primeira vez ao vivo, pelo menos as que eu tiver mais vivas na memória.


Sem comentários:

Enviar um comentário